Psicologia Clínica

#Psicologia Clínica

No mundo contemporâneo e suas respectivas pressões é cada vez mais constante a busca por apoio psicológico diante das situações de competitividade, frustrações, perdas, insegurança, baixa autoestima. Situações que fazem parte do cotidiano e que provocam sobrecarga e desequilíbrio emocional.

A Psicoterapia tem o objetivo de possibilitar ao cliente o autoconhecimento, facilitar o processo evolutivo, interrompido ou alterado pelo surgimento  de conflitos que geram sofrimento e consequências negativas.

Atendimento Adolescente

O atendimento aos adolescentes consiste em oferecer  uma escuta psicológica especializada, onde ele possa se sentir livre para falar de suas angústias, anseios, desejos, medos, ideias e dúvidas, Buscando informações sobre questões que normalmente surgem nessa fase do desenvolvimento. É um espaço para pensar sobre sua nova condição de existir e sentir-se acompanhado nesse momento de mudanças, o que pode lhe possibilitar amadurecimento e desenvolvimento pessoal.

Atendimento Adulto

A vida adulta assume um conjunto de exigências e desafios que impõem a tomada de decisões assertivas ao momento e a capacidade de gerir a vida pessoal, familiar e profissional. Trata-se de uma nova etapa, stress, ansiedade, traumas, transtornos são alguns dos problemas mais relatados nos consultórios de psicologia.

Capacitação para Instrutor de Trânsito

A capacitação tem o objetivo de formar e habilitar profissionais dentro dos padrões estabelecidos pela legislação, para atuarem como instrutor de trânsito nos Centros de Formação de Condutores (CFC) e Empresas que operam Trânsito e Transporte.

Somar esforços no intuito de elevar o nível da Educação no Trânsito, tendo como resultados efetivos, uma melhor formação dos novos condutores, buscando uma maior conscientização bem como a humanização  e a sua importância no contexto da Educação de Trânsito.

Terapia de Casal

A terapia ajuda os parceiros a identificarem os pontos de conflito dentro da relação e a determinar quais as mudanças desejáveis, sejam no modo de se relacionar, sejam mudanças individuais. Nesse tipo de terapia, há componentes de mediação, componentes educacionais e de terapia individual envolvidos, dependendo das dificuldades específicas enfrentadas.

O casal torna-se ciente de pontos de vista e modos de interagir e de se comunicar destrutivos para tentar modificá-los.